Cartas para Julieta

17 jul

Ficha Técnica
Título original: Letters to Juliet
Duração: 105 minutos
País de origem: Estados Unidos
Diretor: Gary Winick
Roteiristas: Jose Rivera & Tim Sullivan
Gêneros: comédia, drama, romance
Estúdio: Summit Entertainment
Distribuidora: Paris Filmes
Lançamento: 25 de abril de 2010 (EUA) / 11 de junho de 2010 (Brasil)
Elenco: Amanda Seyfried, Christopher Egan, Gael García Bernal, Vanessa Redgrave e Franco Nero

—–

Sinopse
Sophie Hall, uma jovem americana que sonha em ser escritora, viaja para Verona com seu noivo, Victor, para uma “lua de mel antecipada” antes da inauguração do restaurante dele. Chegando lá, os interesses divergem: enquanto Sophie quer conhecer a cidade, Victor quer conhecer a culinária italiana. Decida a conhecer a cidade sozinha, Sophie acaba encontrando um lugar onde as pessoas deixam cartas num muro para que Julieta (do romance de Shakespeare) as ajude, o que acaba levando-a a um grupo de mulheres chamado “Secretárias de Julieta”, que respondem todas essas cartas. Com o noivo cada vez menos interessado na lua de mel (transformando-a numa viagem de negócios), Sophie decide ajudá-las e acaba encontrando uma carta escrita há mais de 50 anos por uma inglesa chamada Claire. Ela decide responder a carta e Claire, ao receber a resposta, viaja até a Itália com seu neto, Charlie Wyman, decidida a encontrar Lourenzo Bartolini, o grande amor da sua vida. Charlie não concorda com a viagem, mas Sophie, além de encantada pela história de amor de Claire e Lorenzo, percebe a potencialidade de publicação daquela história, incentiva Claire a procurar seu grande amor pelo país e pede para ir junto. Para grande desespero de Charlie, Claire aceita a idéia e os dois viajam pela Itália em busca de Lorenzo. Durante a viagem, uma nova história de amor surge, dessa vez entre Sophie e Charlie.

—–

Minha Opinião
Eu adorei o filme. Fazia tempo que eu não assistia uma comédia romântica que girasse em torno de um ROMANCE ao invés de falar de sexo o tempo inteiro (nada contra sexo ou comédias românticas, é só uma observação). Muita gente achou o filme “bobinho” e eu tenho que reconhecer que talvez seja mesmo um pouco bobinho, mas a verdade é que é justamente por isso que eu gostei tanto dele. A história é tão inocente quanto um romance pode ser sem que pareça patético; a trilha sonora é boa (destacando aqui “What If” de Colbie Caillat); o cenário é LINDO (afinal de contas, o filme se passa na ITÁLIA!); o elenco é bom. É um filme leve, para relaxar enquanto assiste (de preferência com brigadeiro, pipoca e refrigerante). Não é o filme do ano nem é a melhor comédia romântica de todos os tempos, mas é um bom filme.

—–

Trailer | IMDB | Site Oficial

Anúncios

2 Respostas to “Cartas para Julieta”

  1. Jaine 17/07/2010 às 19:02 #

    Nunca vi, mas to querendo mesmo ver filmes romanticos, então é boa pedida. 😀

    só nao gosto da Amanda, não sei porque :S
    :**

  2. Priscilla Azevedo 25/07/2010 às 22:40 #

    O que mais me irritou foi a quantidade de críticas à esse filme dizendo que era ‘bobinho’ mas poxa, fazia tanto tempo que eu não via um filme ‘bobinho’ desses. As pessoas tem que entender que a intenção do filme não era ser super engraçado, não era ser sexual, não era ser dramático. O filme tinha uma intenção e atingiu essa intenção. Ele é bom no que se propõe. Eu entendi isso e adorei. Fim.

    P.S.: Eu ADORO a Amanda, to louca pra ver “Chloe”.

    P.S.: Postei de novo por causa de um erro grotesco que eu tinha cometido 😛

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: