Água Para Elefantes

21 jul

Ficha Técnica
Autora: Sara Gruen
Título original: Water For Elephants
Gênero: Romance  / Drama / Ficção
Lançamento: 2007
Editora: Sextante
Tradução: Anna Olga de Barros Barreto
ISBN: 9 78-85-99296-15-8

—–

Resumo
Aos 23 anos, Jacob Jankowski perdeu os pais num acidente de carro durante a Grande Depressão. Confuso com os últimos acontecimentos e com a situação em que se encontrava, Jacob entra em choque e ‘foge’ da faculdade (Cornell) onde cursava Medicina Veterinária durante as provas finais e, num momento de desespero, sem saber exatamente em que estava se metendo, pula num trem que estava passando no local onde ele havia ido parar depois de caminhar por horas sem destino algum. O trem em questão era o “Esquadrão Voador do Circo Irmãos Banzini, o Maior Espetáculo da Terra”.

Por sorte ou azar (isso só você lendo o livro para decidir), Jacob acaba sendo ‘contratado’ por tio Al, dono do circo, para trabalhar como veterinário. A frente do cargo, Jacob conhecerá August, chefe do setor de animais cujas manias e mudanças constantes de humor colocaram sua segurança em risco várias vezes. O cargo também o aproximará de Marlena (estrela do circo e esposa de August) por quem ele se apaixonará e arriscará tudo. Jacob se apaixona uma segunda vez no circo, por Rosie, a elefanta comprada de um circo que havia falido e que supostamente não servia para nada.

Inicialmente, os trabalhadores do circo não iam muito com a cara de Jacob, mas, com o passar do tempo, passam a gostar dele. Especialmente Kinko (Walter) e Camel, que se tornarão grandes amigos de Jacob e o ajudarão e protegerão no meio a todas as confusões que resultam do fato de se apaixonar pela esposa do cara que, além de chefe dele, era esquizofrênico e mudava de humor constantemente.

Um grande acidente que, inicialmente, ameaçará a vida de Marlena, Jacob e Rosie, acaba por salvá-los.

Tudo que foi dito acima são lembranças contadas setenta anos mais tarde por Jacob a Charlie, dono de um circo que estava na cidade onde ele morava.

—–

Minha opinião
Eis como surgiu meu interesse nesse livro: foi anunciado que Robert Pattinson faria um novo filme que se chamava “Water For Elephants” e era baseado num livro de mesmo nome. Junte isso ao fato de que saber que haverá um filme baseado em determinado livro é o jeito mais fácil de me fazer lê-lo e você entenderá minha ansiedade. A razão pela qual estou contando isso é porque, não fossem as duas razões acima mencionadas, eu dificilmente teria lido Água Para Elefantes pelo simples fato de que o título (em português, principalmente) é muito estranho e não me atrairia. A capa talvez, se eu chegasse a ver. Além do mais, ninguém nunca o havia me recomendado antes.

Vamos ao que interessa…

A história é muito linda, emocionante e diferente. Não é mais um romance com final feliz. É um romance que envolve drama, suspense e ação. Se o final é feliz ou não, vou deixar para que cada um decida após ler o livro. Eu enxergo dois finais felizes no livro. Não aquela felicidade de conto de fadas “e eles foram felizes para sempre”, mas o tipo de felicidade passível de ser vivida na vida real.
O enredo é diferente e critica as péssimas condições às quais os animais de circos eram submetidos nos Estados Unidos nos anos 30. Considerando que, infelizmente, essa realidade de maus tratos aos animais ainda existe, acho a crítica bem atual, embora o romance seja histórico. As partes relacionadas a esse assunto específico são um pouco fortes, mas só porque são descritas com extrema veracidade e eu acredito que essa seja a melhor maneira de chamar a atenção do leitor para o que quer que seja: veracidade emocional.

Outra coisa que o livro faz muito bem é relatar a vida de um idoso: as mudanças naturais e aquelas impostas pela sociedade; as memórias e a saudade de tudo aquilo que se viveu; a sensação de impotência e de abandono; dentre outras coisas.

A narrativa é ótima: é um daqueles livros que você simplesmente tem que ler até o final. Uma coisa que eu gostei bastante foi da alternância dos capítulos: uma parte com o Jacob aos 93 anos, outra parte com as lembranças dele de quando tinha 23. Sem falar que as fotos antigas de circos americanos são muito interessantes também. Aproveito a deixa para ressaltar o ótimo trabalho de pesquisa da autora.

É, como vocês já devem ter percebido, um excelente livro.

Anúncios

4 Respostas to “Água Para Elefantes”

  1. Caroline 21/07/2010 às 23:43 #

    Ain, agora lendo o resumo mais detalhado me deu mais vontade de ler ainda 😛
    Eis como surgiu meu interesse nesse livro: foi anunciado que Robert Pattinson faria um novo filme que se chamava “Water For Elephants” [2]
    Claro neh? Mas outro fato q me atraiu mto eh a questão dos animais, eu AMO animais e sou uma grande defensora deles… entao com certeza além do filme, o livro irá me interessar mto, até pq agora só consigo imaginar o Rob, a Reese e o Christoph ahaahhaah

  2. Jaine 22/07/2010 às 23:53 #

    Eu nao conseguiria ler, preguiçona danada. Mas o filme, q uem sabe eu veja? HUAUHAUHA to brincando… se vc diz que é um bom livro, eu leria sim 😀

  3. Priscilla Azevedo 25/07/2010 às 22:35 #

    Parece ser bom, vai pra minha lista também!

  4. Paula 26/08/2010 às 18:34 #

    O livro é simplesmente maravilhoso. O tipo de literatura que eu recomendaria a quem quer que fosse. A leitura é leve e divertida. É como comida boa, que quando acaba deixa um gosto bom na boca.
    Espero, REALMENTE espero, que se houver mesmo um filme dele, o Pattinson não estrague tudo com aquela cara de vampiro azedo (HAHAH não me mate, tô de brinks :D). Vou lembrar que ele estava ótimo em Remember Me, e relaxar.
    :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: