Tag Archives: Avatar

O Último Mestre do Ar

5 set

Ficha Técnica

Título Original: The Last Airbender
Duração: 103 minutos
Classificação: 10 anos (BRA)
País de origem: Estados Unidos
Diretor: M. Night Shyamalan
Roteirista: M. Night Shyamalan
Gênero: Fantasia / Aventura
Estúdio/Distribuidora: Paramount Pictures / Nichelondeon Movies
Ano: 2010
Lançamento no Brasil: 20 de agosto de 2010
Elenco: Noah Ringer, Dev Patel, Nicola Peltz, Jackson Rathbone, Shaun Toub, Aasif Mandvi, Cliff Curtis, Seychelle Gabriel
Produtores: M. Night Shyamalan, Frank Marshall, Kathleen Kennedy, Sam Mercer, Scott Aversano

Tagline

Quatro nações, um destino.

Sinopse

Ar, Água, Terra, Fogo. Quatro nações unidas pelo destino até que a Nação do Fogo inicia uma guerra brutal contra as outras. Um século se passou sem que houvesse qualquer esperança de acabar com essa destribuição. Divido entre combate e coragem, Aang descobre que ele é o Avatar, aquele que tem o poder de manipular os quatro elementos. Aang se junta a Katara, uma Dominadora da Água, e ao irmão dela, Sokka, para restaurar o equilíbrio do mundo deles.

Baseado no desenho da Nickelondeon, “O Último Mestre do Ar” é a primeira parte da luta de Aang por sua sobrevivência.

Minha Opinião

Existem filmes que são feitos para uma faixa etária específica, mas acabam agradando a todas as outras, e filmes que só agradam verdadeiramente aquela a que se destinal. “O Último Mestre do Ar” se encaixa na segunda opção. O filme não é ruim, mas também não é excepcional. As charadas são um tanto óbvias e qualquer pessoa com um pouquinho mais de idade (ou mais acostumada a esse tipo de filme) logo entende o que aconteceu e é perfeitamente capaz de adivinhar o que vai acontecer (mesmo que seja segundos antes da cena começar).

Eu assisti em 3D e foi a primeira vez sai do cinema com a impressão de que não fez diferença alguma e que, se tivesse visto em 2D, a “experiência” teria sido exatamente a mesma. Infelizmente, as cenas nas quais o 3D teria feito diferença e talvez até mesmo dado mais emoção ao filme não foram bem aproveitadas nesse aspecto. De qualquer modo, eu gostei das cores: são fortes, mas não excessivamente brilhantes.

O filme foi baseado no desenho “Avatar” (e aproveito a deixa para confessar que, logo que começaram a divulgar Avatar – o filme do James Cameron – eu achei que seria a adaptação do desenho), mas como nunca assisti o desenho, não posso dizer se a adaptação foi bem feita, mas preciso elogiar o fato de que, apesar da possibilidade de uma continuação, o filme realmente acaba. Não é aqueles filmes que parece que cortaram a história pela metade de qualquer jeito e você fica se perguntando pelo resto do filme quando a tela do cinema fica preta e os créditos começam. Não. O final deixa espaço para a continuação sem parecer inacabado.

—–

Trailer | Site Oficial

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: